sexta-feira, 17 de junho de 2011

informação inútil:

estou a estudar para Literatura e a ouvir poemas de Florbela Espanca. Adoro esta mulher, de verdade! Escreve com dor, amor e paixão. Comecei a gostar dela desde que li um livro dela (porque era obrigada a ler e apresentar duas obras por período no Projecto Individual da Leitura). Tinhamos uma lista com vários autores, na qual ela também constava. Não era para ser necessariamente de Florbela Espanca, mas vi um livro vermelho, muito pequenino e fininho e decidi que era aquele que ia ler. A lei do menor esforço resulta sempre comigo. E a partir dai passei a venerar a obra desta autora, escritora, poetiza, mulher !
teve vários maridos, nunca conseguiu superar a morte do irmão mais novo (o livro que eu li foi-lhe dedicado), e suicidou-se no dia 10 de Dezembro, dia do seu aniversário .

3 comentários:

  1. Ohm, obrigada querida (:

    Talvez seja verdade.. Se eles lêm-se algumas frases, talvez aprendessem algo

    ResponderEliminar