segunda-feira, 9 de abril de 2012

Não há título .

Vou vos contar uma história:
hoje, ao ler o Memorial do Convento, decidi tirar algumas notas porque, caso contrário, chegava a meio do livro e não sabia do que se tratava ... então no meio dos apontamentos, apontei também, só por curiosidade, a data em que comecei a ler... 4 de Abril !
4 de Abril é o teu aniversário Pai . Fiquei surpreendida comigo mesma por só me lembrar disso agora . Não vi a data no dia, é um facto, caso contrário não tinha passado em branco ...
Mas agora que fiquei a pensar: caramba, o tempo passa, as datas começam a passar-nos ao lado, mas as pessoas nunca são esquecidas .
Na verdade, não importa o dia em que vieste ou partiste deste mundo . O que interessa de verdade é que tu exististe e sem ti, eu nem sequer estaria aqui !
Amo-te muito e vou te amar sempre, todos os dias da minha vida, com um enorme orgulho de ser tua filha .

R, 6 de Abril de 2012 .

1 comentário:

  1. Parabens a ele tambem por ter uma filha como tu!

    ResponderEliminar