quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Não há coincidências - Margarida Rebelo Pinto

"quando se ama, perdoa-se tudo. Não se esquece nada, mas perdoa-se tudo."

1 comentário:

  1. tambem nao morro sem ir lá, espero.
    e obrigada pela força.

    ResponderEliminar